Especificações das Alianças

Uma forma de segmentação das alianças é também o seu acabamento externo. Além dos formatos interno e externo, cada uma pode ter um acabamento diferenciado. Alianças com brilho, polidas ou escovadas são exemplos de acabamentos que variam com cada preferência. As mais tradicionais são as polidas, mas para casais que possuem aversão à arranhões ou marcas de uso, alianças foscas são ótimas para disfarçar as marcas do tempo que ocorre com qualquer joia quando utilizada durante muitos anos.

Produtos encontrados: 16 Resultado da Pesquisa por: em 61 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 16 Resultado da Pesquisa por: em 61 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Acabamento Fosco, Polido, Jateado ou Trabalhado?

Vamos agora para cada tipo de acabamento e suas particularidades. Alianças com acabamento fosco são as peças com trabalhados diferentes das tradicionais mais comuns de se ver. Ao contrário de todas as outras elas não possuem brilho em seu ouro, o que faz com que as marcas do tempo sejam menos perceptíveis a esses modelos. Bons exemplos de alianças foscas são as alianças Donna e o modelo São Paulo Crystalis.

Especificações das Alianças Alianças polidas são tradicionais e possuem um brilho em que é possível enxergar o seu reflexo. Alianças jateadas possuem um acabamento único e especial, e assim que adquiridas possuem um brilho encantador que é capaz de chamar a atenção de qualquer pessoa! Elas são encantadoras! Bons exemplos desse tipo de alianças são as nossas Dream Plus e a Dalí Gran Crystalis.

Alianças trabalhadas possuem um formato e desenho externo diferenciado. Elas podem se enquadrar em diferentes tipos de acabamento ao mesmo tempo, porém o elemento de maior relevância e atenção é o fato de possuírem um desenho único. Como exemplo podemos ver as alianças Morrison e Grandiose.

Formato Interno

O formato interno da aliança é o que define em grande parte o conforto da peça. Existem diferentes acabamentos internos e cada um colabora para um fim. Alianças côncavas internamente servem para amenizar a pressão que uma peça apertada pode vir a exercer nos dedos e também se torna uma opção mais econômica de aliança. Alianças retas são as mais comuns. Alianças arredondadas na parte interior, como anatômicas e semi-anatômicas, são conhecidas por serem a representação pura do conforto nas mãos!

Formato Externo

O formato exterior é o que define a aparência da aliança e a forma que ela será vista na mão, e se torna um fator de grande importância pelo tempo decorrido utilizando a peça diariamente. Alianças retas são de acabamento simplório e clássico. Alianças meia-cana são tradicionais. As alianças côncavas possuem o formato inverso ao das alianças arredondadas, essas abrangendo as extremidades mais altas que a parte central da peça. Alianças chanfradas possuem as extremidades rebaixadas e a parte central geralmente reta.

Buscar